sexta-feira, 3 de junho de 2011

A Dança da Supercondutividade.

Na coluna desse mês (O Termômetro das Grandes Transformações) discuti alguns aspectos interessantes sobre o conceito de temperatura e com o calor pode provocar as mudanças no estado da matéria. Entre os aspectos que comentei, falei sobre o fenômeno da Supercondutividade, que ocorre em baixas temperaturas. Alguns materiais quando resfriados a uma determinada temperatura não oferecem mais resistência elétrica e são capazes de expulsar o campo magnético do seu interior. Os supercontudores tem inúmeras aplicações, entre elas a levitação magnética de trens ou permitir a construção de bobinas para gerar altos campos magnéticos, como àquelas utilziadas nas máquinas de ressonância magnética. Recebi de um colega meu, Prof. Rafael Zadorosny, um link de um vídeo muito legal que explica de uma maneira simples o complexo fenômeno da Supercondutividade. Vale a pena dar uma olhada.


Um comentário:

  1. Uma forma criativa e descontraída de se explicar. Gostei!

    ResponderExcluir

Todos os comentários são bem vindos desde que sejam pertinentes aos posts