sexta-feira, 13 de março de 2009

Há 228 anos era descoberto Urano


No dia 13 de março de 1781 o astronômo William Herschel descobriu o planeta Urano. Contudo, ele foi registrado anteriormente em diversas ocasiões, mas era confundido com uma estrela. Em 1690 John Flamstedd o catalogou como a 34 Tauri.

Quando Herschel observou Urano ele o catalogou como se fosse um cometa. Após a verificação que se tratava de fato de um novo planeta el o nomeou como Georgium Sidus (estrela de Jorge) em honra ao rei da Inglaterra Jorge III. No entanto, o nome não demorou para mudar para Grã-Bretanha. Finalmente, o astrônomo alemão Bode propôs o nome de Urano em honra ao deus grego, pai de Cronoscujo equivalente Romano era chamado de Saturno.

A importância dessa descoberta foi o fato de mostrar que existiam novos planetas no sistema solar, que posteriormente foram descobertos. Em particular, devido a irregularidades na órbita de Urano foi possível especular a existência de outro planeta, Netuno, descoberto em 1846.

Em 1977 foram descobertos os aneis de Urano. Até aquela época apenas eram conhecidos os aneis de Saturno. Hoje sabemos que Júpiter e Netuno também possuem aneis

Nos dias atuais novos planetas são descobertos ao redor de outros sistemas estelares. Planetas com tamanho similar a Urano já foram observados. Espera-se que o telescópio espacial Kepler, lançado no dia 06 de março passado, possa detectar planetas com o tamanho da Terra.

4 comentários:

  1. Quanta coisa mudou nesses 228 anos... E quantas ainda precisam ser descobertas.
    Muito boa essa postagem

    ResponderExcluir
  2. Alquimista
    Obrigado pelo comentário.
    Um abraço
    Adilson

    ResponderExcluir
  3. Adorei! Me ajudou muito,obrigada! :)

    ResponderExcluir
  4. Obrgiado Karla. Um abraço
    Adilson

    ResponderExcluir

Todos os comentários são bem vindos desde que sejam pertinentes aos posts